No último post falamos um pouco sobre Marketing Digital e o Funil de vendas, agora vamos seguir falando sobre planejamento em Marketing Digital.

Antes de entrarmos exatamente no planejamento, vejamos o case da Pizza Hut para entender como as coisas estão interligadas.

O Case da Pizza Hut (App Crie sua pizza e HutDate – Dia dos namorados

A Pizza Hut no momento dessa campanha tinha como objetivo atrair um público mais jovem, então utilizaram vários mecanismos e ferramentas do mundo digital para alcançar esse propósito.

A Pizza Hut criou o aplicativo “Crie sua pizza”. No app, você podia escolher todos os recheios da sua pizza. No app o consumidor podia participar do processo de produção da pizza, conceito altamente relacionado com o perfil do consumidor 3.0, como vimos no post sobre o novo perfil do consumidor.

Em 2 semanas, o aplicativo foi baixado 100 mil vezes e em 3 meses os usuários do Iphone pediram o equivalente a U$ 1 milhão em pizza. O app passou a ter milhões de usuários nas diferentes plataforma.

O celular tem sido a fonte de acesso ao mundo digital na maioria das vezes agora.

Uma outra ação foi realizada em relação ao dia dos namorados, onde a pessoa deveria conquistar uma pizza com a conversa no direct da empresa.

Vejam o vídeo da campanha:

São ações que se baseiam nas possibilidades que o Marketing Digital oferece.

Dia da Menina – Pampili

A Pampili é uma loja de calçados infanto juvenis focada em meninas. Eles trabalham muito bem a integração entre o marketing off-line e online.

A começar pelas lojas conceito que são encantadores para o seu público.

Estilo Ronaldo Bueno: Conceito

Em todas as lojas tem algum tipo de atividade que a criança pode interagir. Possui um cheiro de uma fragrância que é vendida por eles. O espaço é todo pensado na experiência na criança.

A marca tem um posicionamento muito forte que é uma marca para as meninas.

Tem várias ações nesse sentido, uma delas, é o Dia da Menina, criado pela Pampili, próximo do dia das crianças, mas voltado especificamente para as meninas.

Existe toda uma campanha de marketing digital relacionado ao universo das meninas. Criaram, por exemplo, um canal no youtube chamado Mundo da Menina (que hoje conta com mais de 3 milhões de seguidores) que comenta tudo o que permeia a vida de uma menina. Fazem um excelente trabalho no digital.

Um exemplo do tipo de vídeo produzido por eles:

Portanto, não há fórmula mágica, não há receita de bolo. É mais do que conteúdo ou apenas comunicação, pois envolve pessoas e muito planejamento.

Todas as pontas da interação com o cliente devem estar amarradas com o posicionamento da marca.

Planejamento em Marketing Digital

Duas coisas devem ficar bem claras quando falamos de planejamento em marketing digital: Plano de marketing Digital não é só presença no ambiente digital e não é Planejamento de Posts.

No planejamento de marketing digital, nós temos que pensar como qualquer outra iniciativa que desenvolvamos dentro de uma organização.

Principais passos para um planejamento de Marketing Digital

  1. Motivação e análise interna: Para que eu vou entrar nessa onda de marketing digital? Como internamente a organização está preparada para isso? Como a minha realidade vai dar sustentação ao ambiente digital? Não adianta o digital não estar sustentado naquilo que a organização realmente é.
  2. Diagnóstico / Análise do segmento e mercado: Entendimento do segmento e mercado. Qual a demanda que existe, como esse setor está na agenda das pessoas, o quanto isso é uma inovação e como os concorrentes estão se posicionando.
  3. Identificação da oportunidade / conhecimento do público: identificar, considerando os elementos encontrados no diagnósticos, quais são as oportunidades existente. Criação das Personas
  4. Estratégia, objetivos e posicionamento: Qual é posicionamento da marca, como será sustentado, o que a marca quer com o marketing digital, qual é o objetivo?
  5. Mix de marketing: Não basta focar só em conteúdo, o serviço precisa corresponder o que está no ambiente digital. A gente tem que pensar no negócio, em todos os elementos que compõem o mix da marketing. Portanto, somente o conteúdo não é suficiente para resolver o plano de marketing.
  6. Plano de ação e cronograma: Depois de todas as análises feitas acima que deve-se propor ações e cronograma.
  7. Monitoramento e indicadores: No marketing digital tem uma grande variedade de indicadores e métricas de acompanhamento.

Os 4 As na lógica de planejamento de Marketing Digital

Raimar Richers traz que, quando estamos falando de marketing, nós temos 4 etapas: Análise, Adaptação, Ativação e Avaliação.

Análise: desde a análise interna, quanto análise de marcado, entendimento do público e das personas. Pegar as forças vigentes no mercado e suas interações com a empresa.

Adaptação: adequação do produto ou serviço às estratégias definidas no que foi analisado. Marca, design, embalagem, preço.

Ativação: Trabalhar mais fortemente a etapa da promoção e divulgação (canais, conteúdos e mensagens)

Avaliação: acompanhamento dos resultados, indicadores chave e a possibilidade de voltar, rever e melhorar o que está sendo feito.

Muitas vezes, empresas contratam profissionais apenas para a fase de Ativação, mas é preciso ter em mente que todo o serviço deve estar de acordo com o posicionamento da marca e com a sustentabilidade gerada pela prestação do serviço em si.

Marketing Digital – Comunicação

Como muitas vezes o Marketing Digital é visto como a Ativação apenas, começaram a ser criadas propostas, ferramentas relacionadas a ativação de uma maneira geral. Inclusive, foi feita a proposição da definição de 8 Ps de planejamento da ativação.

Alguns planejamentos de Marketing Digital defendem o seguinte escopo:

  1. Defina o objetivo: clareza e foco
  2. Estruture o caminho do consumidor (funil de vendas)
  3. Desenvolva uma CTA – Call to Action)
  4. Use leads efetivos e iniciativas
  5. Planeje e gerencie o tráfego (qualidade do conteúdo, hashtags e palavras-chave, atratividade visual, estrutura do site, organização das informações)

Esse é um planejamento para o marketing de conteúdo que é uma parte do Marketing Digital, mas temos que ter sempre em mente que esse planejamento precisa estar associados as outras frentes que compõem o planejamento de marketing mais macro.

Dentro desse contexto, surgem os 8P’s do Marketing Digital bastante voltados para a promoção e comunicação.

Os 08Ps do Marketing Digital

  1. Pesquisa
  2. Planejamento
  3. Produção
  4. Publicação
  5. Promoção
  6. Propagação
  7. Personalização
  8. Precisão

Pesquisa

Identificação do comportamento de buscas do seu público-alvo. Sabendo disto, é possível definir as oportunidades do mercado e qual a melhor abordagem de vendas para aumentar a taxa de conversão da sua empresa.

Planejamento

Planejar todas as ações do Makreting Digital, desde o funil de vendas, a análise de microconversões.

Produção

Aqui, iremos gerenciar o projeto e utilizar diversas ferramentas para obter melhores e mais rápidos resultados

Publicação

Esta etapa pode ser tida como a mais importante de todos os Ps. É ela que trabalha boa parte das táticas de SEO e de persuasão, e com isso, e em grande parte responsável pelo tráfego do site.

Promoção

Depois de pesquisar, planejar, produzir e publicar, chegou a hora de divulgar todo o conteúdo. Assim, mostraremos para o mundo, o valor que a sua empresa tem para atrair o público-alvo certo para o seu site, aumentando a taxa de conversão.

Propagação

Desenvolver técnicas para aumentar a probabilidade de viralização da sua mensagem por meio das redes sociais.

Personalização

Nesta etapa poderá fazer uma campanha de marketing digital direto, através de e-mails, instigando o consumidor a abrir sua mensagem e clicar nos links.

Precisão

Como saber se tudo está no caminho correto? Nessa fase irá mensurar todas as ações através de diversas ferramentas. Isto é extremamente importante, pois é assim que terá a certeza de uma estratégia de marketing digital vencedora sem dispersão.

O que se percebe é que os 8Ps do Marketing Digital estão dentro de todo o entendimento feito por Raimar Richers nos 4As (Análise, Adaptação, Ativação e Avaliação), porém focado apenas na parte de ativação com o desdobramento das atividades.

Um exemplo de planejamento de marketing digital utilizando uma visão de digital da Conexorama – Fábrica Digital.

No próximo post, falaremos um pouco sobre o desafio de um time de futebol em ter mais interação com os torcedores em um ambiente digital.

Fernando Carvalho

Fernando Carvalho

Graduado pela Universidade de Brasília - UnB, pós-graduado em Administração de Empresas, possui MBA em Gerenciamento de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas - FGV e atualmente cursa Especialiazação em Marketing Digital: Estratégias e Negócios, na PUC Minas. Fernando tem bastante experiência na Gestão de Projetos Digitais. Mora em Brasília e atua como COO (Diretor de Operações) da EduQC, startup brasileira de Educação e Inteligência Artificial.

Deixe um comentário